CONHECIMENTO

Por Lucas Cruz | Diretor-sócio da Doss

Amplamente prejudicial à estabilidade econômica do Brasil e do mundo, a crise fomentada pela pandemia da COVID-19 tem conduzido inúmeros negócios ao declínio e, consequentemente, ao fechamento de portas.

Fundamental a marcas e corporações que desejam sobreviver de maneira equilibrada aos impactos socioeconômicos, o marketing tem muito a ensinar a você – empreendedor, empresário ou colaborador que deseja avançar em meio à crise.

Pensando nisso, preparamos oito dicas de marketing essenciais para driblar períodos conturbados no mercado de trabalho:

        Dica #1: Compreenda

        A compreensão do cenário onde sua empresa está inserida é a primeira etapa rumo ao sucesso. Estude o quadro econômico, parceiros interligados à sua marca e principalmente consumidores e público-alvo. Dominar estes tópicos primordiais garante destreza e agilidade na hora de idealizar soluções e tomar atitudes efetivas. Reúna informações e elabore respostas.

        Dica #2: Comunique

        A omissão durante momentos instáveis gera boatos e incertezas acerca do posicionamento de sua empresa. Utilize-se do marketing para desenvolver estratégias comunicacionais condizentes aos propósitos de sua marca e posicione-se.

Como sua empresa tem reagido em meio à crise? Que atitudes podem auxiliar quem tem sofrido com ela? Como podemos nos unir para enfrentar este momento incerto? Conte com o marketing para responder e propagar questões como estas.

        Dica #3: Inove


        Mais que empresas e corporações, a crise tem afetado indivíduos com inúmeras preferências e diferentes faixas etárias. Preste atenção às mudanças provocadas pelo período de isolamento e introspecção e adeque-se a elas. Passar a oferecer deliveries via aplicativos, serviços online e web plataformas acessíveis são excelentes exemplos inovadores. Faça parte do novo conceito de “rotina”!

        Dica #4: Simplifique


        Simplifique seu portfólio de produtos e serviços. Reduza custos de produção, operação e venda de produtos e serviços não consolidados entre consumidores. Dê prioridade aos líderes de venda e certifique-se acerca da impecabilidade do artigo final. Direcione suas forças ao que, de fato, vende.

        Dica #5: Facilite

        Facilite a compra de produtos e serviços com o auxílio de promoções. Ofereça descontos (de preferência sem muitas regras ou exigências), crie pacotes promocionais e amplie a abrangência de soluções ofertadas. Entretanto, tome cuidado para com o intervalo entre promoções – descontos pouco espaçados poderão prejudicar o reajuste de valores pós-crise.

        Dica #6: Humanize

        Períodos de crise exigem a retomada e o fortalecimento de valores como a confiança, a empatia e a amizade entre empresa e público-alvo. Invista na linguagem humanizada, entre em contato direto para o público através de ferramentas como lives e stories e preze pela qualidade de produtos e serviços ofertados ao consumidor.

        Dica #7: Posicione

        Os consumidores do século 21 prezam por negócios bem posicionados e diretamente atrelados a causas sociais. Períodos críticos podem alterar radicalmente a percepção do público acerca de determinadas marcas. Esforce-se para que as mudanças sejam positivas à sua empresa tomando atitudes responsáveis e empáticas diante de tópicos relevantes. Mantenha-se presente e invista em canais digitais para reafirmar propósitos e ideais.

        Dica #8: Produza

        A produção de conteúdos relevantes ao público-alvo de sua empresa é essencial à conquista e manutenção de clientes fiéis, qualificados e interligados ao seu propósito de marca. Invista no marketing de conteúdo e fortaleça a credibilidade de seu negócio para um retorno sólido e equilibrado.

        Gostou do conteúdo? Agora é só colocar as dicas em prática e acompanhar o nosso blog para mais artigos como este! Caso você precise daquela mãozinha para estruturar a comunicação do seu negócio, entre em contato com a gente! 

 

Comente