CONHECIMENTO

Por Lucas Cruz | Diretor-sócio da Doss

Em tempos de pandemia os hábitos de consumo mudaram. Uma pesquisa divulgada na 42ª edição da Webshoppers mostra que as vendas online aumentaram 47% no primeiro semestre de 2020 no Brasil. Além disso, especula-se que aproximadamente 94% dos internautas brasileiros fazem compras online, segundo dados da ComScore.

Para acompanhar essas mudanças no mercado, empresas de diversos portes, que ainda não haviam mergulhado no mundo online, precisaram se reinventar e se render ao marketing digital.

Como você já deve ter visto, muitos termos fazem parte desse universo. Lead, conversão, web analytics, remarketing

Por isso, hoje vamos conversar um pouco sobre o Inbound marketing, e como ele pode ser lucrativo para o seu negócio.

Você já notou como grandes marcas aclamadas pelo público, como a Coca-Cola, são capazes de criar certa conexão com o cliente?

A comunicação com pessoas é, sem dúvidas, um dos pilares para esse reconhecimento e, hoje, o universo digital é um dos principais meios de se fazer isso. 

Atrair, envolver e encantar são objetivos do Inbound marketing para aumentar o lucro da sua empresa. 

Podemos pensar num funil e dividir ele em três partes: topo, meio e fundo. Qual o seu objetivo? Fazer com que o possível cliente atravesse esse funil se envolvendo com o seu conteúdo até fechar a compra/serviço. É como se você fosse ensinando a ele que ele precisa do seu negócio e que você possui autoridade no assunto para ajudá-lo.

Vamos ver então, na prática, como isso é feito?

Topo

Num primeiro momento, o objetivo é atrair o tráfego de visitas na sua página, com conteúdo direcionado para o público-alvo, como assuntos relacionados a aprendizado e descoberta da marca.

O marketing de conteúdo está no topo dessa estratégia. Através dele você pode atrair o público-alvo sem precisar, necessariamente, de uma abordagem direta.

Posts em blogs e redes sociais são a principal forma de entregar aquilo que as pessoas estão procurando e fazer um primeiro contato com o cliente em potencial. Chamadas como “5 coisas que você precisa saber sobre…”, “ 4 dicas pra você que precisa de…” compõem o formato de conteúdo nesta etapa, que deve ser relevante e bem trabalhado.

Meio

Depois do primeiro contato do cliente em potencial com o conteúdo de topo, é hora de fornecer material mais detalhado e assertivo. Conteúdos mais densos e exclusivos entram aqui.

É importante que você entregue sempre informações atualizadas e conteúdo fresco, isso demonstra disponibilidade e atenção, gerando confiança e reconhecimento em quem está buscando a solução de um problema que pode ser resolvido pela sua empresa.

Fundo

Após atrair visitas e envolver o cliente em potencial,  é hora de transformar o conteúdo oferecido em uma mostra dos seus resultados e como eles podem ajudar quem o procura. 

Mostrar que as necessidades dele serão atendidas com o produto/serviço que você oferece e usar técnicas de vendas farão a diferença nessa etapa.

Ter presença online, por mais que você possua uma estrutura física e entregue serviços presenciais, faz com que você crie um novo canal de comunicação para atrair novos clientes, aumentando sua visibilidade.

O melhor disso é que o Inbound marketing possui custo mais acessível se comparado à outras estratégias de marketing e permite analisar com mais precisão e agilidade os resultados obtidos.

Por que não ter então, por exemplo, uma página no Instagram, que é uma ferramenta grátis, e utilizá-la como atrativo para o seu negócio?  

Uma abordagem natural e mais assertiva faz com que as pessoas certas cheguem até você.

Pensando no número de pessoas que faz buscas online todos os dias, você não acha que uma boa parte delas pode estar interessada no seu produto/serviço?

Considere isso e, se precisar de ajuda com a elaboração da sua estratégia de marketing, fale com a gente 

Comente