CONHECIMENTO

Não adianta fugir

Já é fato: a pandemia de COVID-19 afetou diretamente nossas vidas, transformando antigas maneiras e aflorando possibilidades. Parte do total, os consumidores também despertaram ao novo, desbravando a relação humana e direta para com marcas de segmentos diversos. 

Ironicamente, nunca estivemos tão próximos. Globais e lineares, as apreensões que nos cercaram ao longo dos últimos meses atuaram conciliando e unindo grupos sociais amplamente distintos.

 

 Os dois lados da moeda

Não é uma escolha: prestadores de serviço precisam mudar com o mundo. Durante a pandemia, pudemos observar dois comportamentos institucionais distintos em meio às ondas de transformação impulsionadas pela crise:

 

  • Comportamento A: Marcas que se mostraram sensíveis ao cenário, adotando estratégias generosas e benevolentes.
  • Comportamento B: Marcas que seguiram na contramão, adotando posicionamentos apáticos e gananciosos.

 

Enquanto empresas associadas ao “Comportamento A” foram amplamente reconhecidas pela população em geral, negócios associados ao “Comportamento B” sofreram notáveis represálias – exemplo que demonstra claramente a participação intensa de consumidores do Brasil e do mundo na comunicação midiática contemporânea.

 

 Catalogando expectativas

De acordo com levantamentos realizados pelo Grupo Kantar em 2020, as expectativas do público acerca do posicionamento de marcas no Brasil demonstram preocupações genuínas para com o auxílio à comunidade, o investimento no conhecimento científico e a manutenção da atividade empresarial. Confira o gráfico apresentado pelo instituto:

 

Que atitudes os consumidores esperam das marcas durante a pandemia?

25%: Ser o exemplo e guiar a mudança

21%: Ser prático e realista, ajudando os consumidores em seu dia-a-dia

20%: Atacar a crise e mostrar que ela pode ser vencida

18%: Usar seu conhecimento para explicar e informar

11%: Reduzir a ansiedade e entender as preocupações dos consumidores

3%: Ser otimista e pensar de forma não convencional

 

 Aprenda com os melhores

Focado em mapear empresas recordadas positivamente pelo público quanto ao posicionamento em meio à crise, um estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa & Data Analytics Croma Insights em parceria à Toluna Influencers evidenciou marcas como:

 

  • #1 Itaú: pelas iniciativas de apoio a pequenos e médios empresários.
  • #2 Ambev: pela fabricação e doação de álcool em gel a hospitais da rede pública.
  • #3 Magalu: pelas iniciativas de emprego a autônomos, bem como a doação de respiradores a hospitais da rede pública.

 

Além destas, foram mencionadas empresas como Natura, Bradesco, Lojas Americanas, Nestlé, Coca-Cola, iFood e mais.

 

5 tendências para ficar de olho

Promovido pela plataforma Kmaleon em parceria ao portal Mundo do Marketing, o núcleo de painéis Key Trends 2021 apontou cinco tendências mencionadas por especialistas em comportamento acerca das tendências de consumo previstas para este ano. Fique de olho:

 

  1. Digitalização da Vida: setores como serviços bancários e educacionais serão amplamente digitalizados, proporcionando maior agilidade e acessibilidade a usuários de todas as idades.

 

  1. Inclusão: perfis cada vez mais diversificados e abrangentes passarão a ocupar cargos e espaços previamente restritos.

 

  1. Cultura do Cancelamento: a indignação de consumidores para com atitudes preconceituosas, discriminatórias e pouco transparentes exigirá maior prudência e responsabilidade.

 

  1. Valorização de Causas: consumidores passarão a valorizar empresas que abraçam causas, grupos e indivíduos reais, oferecendo-lhes amparo e visibilidade.

 

  1. Diversão e Graciosidade: aspectos lúdicos, coloridos e divertidos continuarão em destaque – estampando produtos, alegrando diálogos e quebrando o gelo.

 

 

Mãos à obra: dê o primeiro passo!

Considerando os dados levantados por empresas e instituições de pesquisa ao longo do período de quarentena, elaboramos cinco estratégias que conectarão consumidores contemporâneos aos ideais de sua marca. Dê os primeiros passos:

 

  1. Marque presença!

Não é hora de sumir. Utilize recursos linguísticos e imagéticos, associando ideais combativos prudentes à face de sua empresa.

 

  1. Una-se ao todo!

Acredite no poder da união e reme em conjunto ao todo. Atar forças rumo ao mesmo objetivo é essencial em períodos de crise.

 

  1. Não venda produtos!

Em períodos incertos, produtos não bastam. Incorpore soluções realmente úteis aos serviços ofertados por sua empresa. Venda respostas.

 

  1. Comprometa-se verdadeiramente!

Você deve ser o primeiro a promover o que propaga. Acredite firmemente em seus valores e ideais.

 

  1. Use dos artifícios da linguagem!

Seja inovador! Una informação, emoção e fatos para desenvolver conteúdos criativos, altruístas e prudentes. Sempre que puder, conte com auxílio especializado. 

 

Fascinada pelo espírito empreendedor, a Doss Propaganda é especialista em transformar negócios em marcas sedutoras. Aposte na experiência para fortalecer seu legado!

 

Comente