CONHECIMENTO

Quantos candidatos que talvez fossem excelentes colaboradores para a sua empresa já desistiram de mandar currículo ao ler alguma exigência como “experiência mínima de 5 anos na função” ou que pedia conhecimento em um software específico? Você nem imagina.

Hoje, nossa intenção é te desafiar a repensar as contratações, exigências e oportunidades que você oferece a candidatos.

Já imaginou contratar um assistente administrativo, um fisiologista e um especialista em composição musical para funções de criação de sistemas? Muito provavelmente não. Mas a empresa americana Gusto, uma plataforma de gestão de pessoas, decidiu fazer isso e hoje avalia os três profissionais como “entre os melhores contratados para funções de desenvolvedor de software”.

O depoimento foi dado pela Chefe de Engenharia, Debbie Ferguson e o diretor de segurança da informação da empresa, Fredrick Lee em artigo da Harvard Business Review.

Os dois comentam sobre o fato de que algumas habilidades podem facilmente ser ensinadas às pessoas, com treinamentos e capacitações. Já outras, são fruto de seu perfil ou experiências que não há como reproduzir, portanto, não podem ser ensinadas.

Além do mais, daqui a um ano, as habilidades que você exige hoje podem mudar completamente e qualquer pessoa que esteja no cargo terá que aprender e se adaptar.

É nesse sentido que orientam a “pensar fora da caixa” no momento de montar a equipe da sua empresa, contratando pessoas capazes de resolver desafios e colaborar para o bem-estar dentro da mesma e deixando um pouco de lado os diplomas e anos de experiência na função.

Como contratar fora dos padrões

Comece pensando na descrição da oferta de trabalho e analisando cada exigência: É mesmo necessário que o colaborador saiba trabalhar em determinado software ou banco de dados que a sua empresa usa ou isso pode ser ensinado?

Seja mais flexível: Você realmente vai deixar de dar uma oportunidade a um grande talento porque a pessoa “não se encaixa” nos horários que você está oferecendo?

Mude a sua forma de selecionar: Entrevistas e testes não te mostram como a pessoa irá se comportar diante de um desafio ou conflito. E se em vez de perguntar se ela sabe executar determinado trabalho, você perguntar como ela resolveria determinado problema ou pedir para que ela conte sobre algum projeto do qual fez parte e como contribuiu?

Sua empresa só tem a ganhar

Ter pessoas que pensem e veem as coisas de forma diferente pode gerar inovação e resultados surpreendentes no ambiente de trabalho. Alguém que venha de uma área diferente e que possua experiências diversas, irá olhar para os desafios de outra forma, podendo contribuir para o debate de forma única.

Por fim, empresa e colaborador podem trilhar um caminho novo a seguir e, juntos, desenvolver novas maneiras de avaliar desempenho, de ensinar e aprender com esse talento.

Conheça 5 ferramentas que vão ajudar a gestão do seu negócio

Comente