CONHECIMENTO

Você já sabe que os clientes não são mais os mesmos. Você mesmo, enquanto consumidor, deve ter percebido que algumas soluções vendidas por empresas já não são o suficiente para atrair a comprar ou contratar um serviço.

Não é de hoje que os clientes precisam de uma identificação forte com os ideais e ações da empresa para estabelecer uma relação de confiança, já que as facilidades em buscar outros fornecedores é enorme.

E é por este motivo que a sua empresa precisa de uma narrativa. Mais que isso, precisa de uma narrativa que envolva o cliente e o tenha como protagonista!

Não basta contar uma história com início, meio e fim, mas sim, ter uma narrativa que possibilite participação e cujo final dependa do envolvimento e da tomada de decisões do seu cliente.

O que a narrativa irá levar ao seu cliente?

Primeiramente, para desenvolver essa narrativa, você precisa conhecer as necessidades do cliente a fundo: Para criá-la, é necessário estar profundamente conectado às dores do seu cliente!

Você precisa saber quais são as necessidades e as aspirações dele; quais as oportunidades que a sua narrativa vai apontar a ele e que desafios irão se apresentar a partir dela? Como esses desafios serão vencidos? Sua empresa pode colaborar para isso?

Sua narrativa precisa ser vivida na realidade

Uma frase de impacto, que inspire e motive o seu cliente, não será suficiente. Sua narrativa não pode ser apenas um slogan criado pela equipe de marketing da empresa.

Se ela não for a sua verdade, vivida no dia a dia por todas as pessoas que fazem parte da empresa, ela não irá gerar impacto, nem se sustentar.

Medo x Esperança

Vivemos uma época de medo e de ações realizadas com cautela. A sua narrativa pode ser a motivação e o entusiasmo que seus clientes precisam para impulsionar novas ideias e agir.

Você pode mostrar um caminho de oportunidades, geração de valor e utilidade para seus clientes e, para isso, é preciso olhar para dentro e ver o que sua empresa tem de melhor a oferecer.

Exemplos

Grandes marcas vêm observando o poder de boas narrativas há um bom tempo. Um dos maiores exemplos vem dos anos 1990, com o inesquecível slogan da Apple “Think different”, que sugeria sairmos do lugar onde fomos colocados, de meros espectadores e “fantoches” da tecnologia para uma posição de protagonistas com infinitas possibilidades de criar por meio dela. Para isso, bastava “pensar diferente”.

A frase é apenas a representação do que a própria empresa e seus heads já faziam. Por isso, e por captar tão bem o momento vivido pelas pessoas à época, impactou tanto a ponto de ajudar a tornar a Apple o que é hoje.

O segredo para a narrativa perfeita? Não existe! Caso contrário, não seria tão difícil criar uma com tanto impacto. Mas para começar, devemos olhar para o cliente e entender o que mais está afetando-o nesse momento ao mesmo tempo em que olhamos para nossas empresas em busca do que de melhor temos a oferecer.

Conheça mais exemplos de empresas transformadoras

Comente